O Mordomo Fiel

Gasta com Sabedoria

Pv 3:9a; Pv 21:5,20; Mt 6:31-33; 1Tm 5:8; 1Tm 6:7-8; Lc 14:28-30

"Honre o Senhor com todos os seus recursos..." Pv 3:9a. Este versículo auxilia o mordomo fiel a encontrar o equilíbrio nesta área de gastos. Você está honrando ao Senhor com tudo o que possui?

Analisando os hábitos de consumo de muitas pessoas, veja o que alguém constatou:

"É comum, atualmente, as pessoas comprarem coisas de que não precisam, com o dinheiro que não têm, para impressionar pessoas das quais nem ao menos gostam".

Isso é gastar com sabedoria? É evidente que não. Gastar com sabedoria significa gastar menos do que se ganha, para suprir necessidades suas e da família (1Tm 5:8), sabendo distinguir necessidades de desejos. É importante enfatizar que as necessidades que Deus promete suprir aos seus filhos (Fp 4:19) são aquelas que Ele determina como necessidades (Mt 6:31-33; 1Tm 6:7-8), e não as que a nossa sociedade de consumo determina. O mordomo fiel busca a sabedoria e o discernimento ao gastar dinheiro, pois está consciente de que a nossa sociedade de consumo é especialista em, continuamente, criar novas necessidades, que na verdade, não são necessidades reais.

Gaste menos do que você ganha.

Gaste menos do que você ganha. Esse é o mais básico princípio de administração financeira pessoal. Simples. Óbvio. Fácil de entender. Mas, infelizmente, deliberadamente ignorado por muitos. Se uma pessoa gasta menos do que ela ganha, significa também que ela não está fazendo dívidas e está economizando uma parte dos seus rendimentos. Assim, aplicando apenas esse princípio, uma pessoa certamente estaria livre da maioria dos problemas financeiros que podem alcançá-la.
Você quer estar livre de problemas financeiros? Se tão-somente você aplicasse esse princípio...

"Na casa do sábio há comida e azeite armazenados, mas o tolo devora tudo o que pode" Pv 21:20.

Mas, como fazer para gastar menos do que ganho?
Veja algumas orientações:

1. Utilize um orçamento. Um orçamento é uma excelente ferramenta para administrar bem os gastos, de acordo com os rendimentos disponíveis. Nele devem ser anotados todos os ganhos, para saber, de fato, quanto se tem para gastar. Em seguida, pode-se planejar e controlar todos os gastos, de modo que seja possível verificar para onde está indo o dinheiro.

2. Freie (neutralize) o seu "impulso consumista". Mesmo que haja dinheiro disponível, não significa que ele precisa ser gasto. Por mais dinheiro que uma pessoa receba, sempre haverá onde gastar, pois a tendência humana é ter sempre mais. As coisas que compramos nos satisfazem por algum tempo (muito curto, diga-se), depois queremos mais. Por isso, precisamos nos conscientizar e aprender a controlar esse "impulso", caso contrário, gastar mais do que ganhamos será freqüente, e os problemas financeiros estarão presentes no dia-a-dia. Portanto, nunca compre por "impulso": aprenda a planejar os gastos.

3. Evite ao máximo comprar a prazo, pois isso significa que está sendo gasto dinheiro que ainda não foi recebido, comprometendo a renda futura. "Não devam nada a ninguém, a não ser o amor de uns pelos outros..." Rm 13:8.

4. Jamais compre algo por status. Essa é uma das principais causas pelas quais as pessoas envolvem-se em dívidas, pois, comparando-se com os outros, acabam estabelecendo um estilo de vida acima do que a renda permite. Aprenda a exercitar a humildade e viva com simplicidade: este é o padrão bíblico (Fp 2:3).

5 - Antes de comprar algo, faça a si mesmo perguntas como estas:
- É desejo ou necessidade?
- É realmente necessário e útil ou totalmente supérfluo?
- Já verifiquei a relação custo x benefício?
- Haverá despesa de manutenção? Posso suportar tal despesa?
- Quanto tempo preciso trabalhar para ganhar tal quantia?
- Os benefícios compensam o esforço que fiz para conseguir o valor do bem?
- Há algo mais importante onde devesse gastar (ou investir) este dinheiro?

É desejo ou necessidade?



Responsabilidades do Modomo Fiel:

Downloads Grátis

  Software Ganância Finanças
  Apostila de Finanças 2013
  Livreto de Finanças
  Folhetos Ganância

Artigos

  Artigos   Reflexões
  Orientações Práticas

Livre-se das Dívidas!

O Mordomo Fiel

O Mordomo Fiel não teme prestar contas.

"O senhor respondeu: ‘Muito bem, servo bom e fiel! Você foi fiel no pouco, eu o porei sobre o muito. Venha e participe da alegria do seu senhor’". [Mt 25.23]

O Mordomo Fiel toma iniciativa de prestar contas sempre que usa bens ou recursos de terceiros (como dos pais, de um amigo, da empresa ou da igreja). Mas, especialmente, tem consciência de que, no tempo oportuno, deverá prestar contas ao Senhor da administração de tudo o que Ele tem lhe dado.

Veja todos... »


Textos Bíblicos

Provérbios 11:4,28

4 De nada vale a riqueza no dia da ira divina, mas a retidão livra da morte.
28 Quem confia em suas riquezas certamente cairá, mas os justos florescerão como a folhagem verdejante.

Leia mais...

1Timóteo 6:6-12

9 Os que querem ficar ricos caem em tentação, em armadilhas e em muitos desejos descontrolados e nocivos, que levam os homens a mergulharem na ruína e na destruição, 10 pois o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males.

Leia mais...

Lucas 16:11
"Assim, se vocês não forem dignos de confiança em lidar com as riquezas deste mundo ímpio, quem lhes confiará as verdadeiras riquezas?"


Um pouco do Ganância em
Inglês: no Greed
Alemão: Gewinnsucht